home > Informe-se > Câncer de Próstata > Quanto custa uma cirurgia robótica?

Quanto custa uma cirurgia robótica?

Publicado em 4 de fevereiro de 2021
Por: Dr. Leonardo Ortigara

Quanto custa uma cirurgia robótica?

A cirurgia robótica representa um dos maiores avanços da área cirúrgica nas últimas décadas.  Considerado um tratamento inovador para diversas doenças de caráter urológico,  o procedimento utiliza o auxílio de um robô para a realização das intervenções cirúrgicas. Justamente por ser mais moderna e tecnológica, os valores são mais elevados e acabam gerando muitas dúvidas sobre quanto custa uma cirurgia robótica.

Relativamente nova no Brasil – a tecnologia chegou ao nosso país em 2008 –, a cirurgia robótica já vem sendo amplamente utilizada no mundo todo, sobretudo, em virtude dos benefícios que o procedimento oferece aos pacientes. Mas afinal, quanto custa uma cirurgia robótica? Continue a leitura e saiba mais!

Como funciona a cirurgia robótica?

A cirurgia robótica é um procedimento minimamente invasivo, realizado com o auxílio de quatro braços robóticos que são introduzidos na região abdominal do paciente através de pequenas incisões. Em três deles, são transportados pequenos instrumentos para a realização da cirurgia. O último possui uma câmera 3D acoplada para fornecer imagens tridimensionais e ampliadas  dos órgãos internos. 

Essa maior precisão – tanto das imagens quanto dos movimentos – permite que o cirurgião amplie seu campo cirúrgico e tenha maior eficácia em movimentos cirúrgicos para múltiplas direções. É importante entender que o robô não faz nada sozinho. Ele é controlado pelo cirurgião por meio do console robótico durante todo o procedimento e apenas reproduz os movimentos realizados pelas mãos do profissional.

Cirurgia robótica: os benefícios para os pacientes

A cirurgia robótica pode ser utilizada em praticamente todos os casos cirúrgicos na área urológica, mas sua aplicação mais comum é no tratamento do câncer de próstata. A tecnologia utilizada no procedimento é capaz de reduzir, consideravelmente, os principais riscos da cirurgia tradicional: a incontinência urinária e a disfunção erétil.

Caso venham a ocorrer, essas complicações afetam a vida do paciente de maneira significativa e, por isso, muitos homens que estão com câncer de próstata têm receio de realizar um tratamento cirúrgico. No entanto, a retirada da próstata com o tumor por meio da cirurgia robótica ocorre de maneira muito mais precisa, sem provocar lesões no esfíncter – responsável pelo controle da urina – e nos nervos sacrais – responsáveis pela ereção.

Além de reduzir riscos de incontinência urinária e impotência sexual, a cirurgia robótica ainda oferece outros importantes benefícios se comparada à cirurgia convencional. Dentre eles, podemos destacar:

  • menor sangramento durante a cirurgia;
  • menor tempo de internação;
  • menores riscos de complicações;
  • menor risco de infecção;
  • recuperação mais rápida, com menos dor e desconforto;
  • retorno às atividades normais em tempo menor;
  • melhor cicatrização.

Afinal, quanto custa uma cirurgia robótica?

O Conselho Federal de Medicina (CFM) proíbe a divulgação de valores referentes a procedimentos médicos em qualquer canal de comunicação. O valor deverá ser informado presencialmente pelo médico após o paciente passar por uma consulta individualizada.

Apesar de a divulgação do valor ser expressamente proibida, é permitido informar os fatores que podem influenciar no valor final do procedimento. Um dos principais aspectos que influenciam o valor é o custo de aquisição do equipamento robótico.

O mais utilizado no mundo é o Da Vinci, cujo custo de importação pode variar de R$10 milhões a R$12 milhões. Além disso, é necessário pagar uma taxa de manutenção preventiva que gira em torno de R$800 mil por ano. Os demais custos envolvidos na realização da cirurgia robótica incluem honorários médicos, planejamento anestésico, dentre outros.

É importante ressaltar que, ao buscar esse tipo de procedimento, o paciente não deve pensar apenas em quanto custa uma cirurgia robótica, mas sim analisar o custo-benefício que ela oferece para sua saúde e qualidade de vida. 

É preciso ter em mente que uma cirurgia que oferece muito mais precisão cirúrgica apresenta chances de sucesso elevadas no tratamento de câncer de próstata e outras doenças urológicas. Assim, o paciente pode recuperar seu bem-estar sem apresentar nenhum tipo de efeito colateral, na grande maioria dos casos. E isso, vale muito mais do que o valor a ser pago pela cirurgia!

Os planos de saúde cobrem as despesas da cirurgia robótica? 

Esse é um tema que gera bastante controvérsia no Brasil. Muitos convênios alegam que, como o procedimento não está no rol da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), não são obrigados a custeá-lo. 

Porém, se há indicação do procedimento por um médico especialista, os planos de saúde devem cobrir todo o custo envolvido com a realização da cirurgia. Inclusive, a Justiça já tem obrigado diversos planos a arcar integralmente com as despesas deste tipo de tratamento cirúrgico.

Quer saber mais sobre os valores do procedimento? Agende sua consulta para uma avaliação e planejamento individual da cirurgia robótica em Balneário Camboriú ou Itajaí. Será um prazer atendê-lo!

Material escrito por:
Dr. Leonardo Ortigara
CRM 15149 / RQE 7698
X Balneário Camburiú Itajaí