home > Informe-se > Câncer de Próstata > Tenho câncer de próstata avançado: o que preciso saber?

Tenho câncer de próstata avançado: o que preciso saber?

Publicado em 9 de março de 2021
Por: Dr. Leonardo Ortigara

Tenho câncer de próstata avançado: o que preciso saber?

A descoberta do câncer de próstata avançado representa a maior causa de mortalidade da doença. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, cerca de 20% dos casos ainda são diagnosticados tardiamente, o que dificulta o sucesso dos tratamentos e diminui as chances de cura. A boa notícia é que já existem tratamentos capazes de reduzir seu potencial de letalidade e melhorar a qualidade de vida do paciente.

O câncer de próstata representa a segunda maior causa de mortalidade entre os homens no Brasil e no mundo. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), ocorrem cerca de 60 mil casos da doença todos os anos, sendo que uma média de 15 mil pacientes vêm à óbito em virtude das complicações do tumor.

Por isso, o diagnóstico precoce ainda é o melhor aliado na cura do câncer. Mas o que fazer quando o câncer de próstata é descoberto em um estágio avançado? Continue a leitura e saiba mais!

Câncer de próstata: um inimigo silencioso

O diagnóstico de câncer de próstata avançado, muitas vezes, é resultado da ausência de sintomas em suas fases iniciais. Na grande maioria dos casos, o diagnóstico precoce só é obtido quando o paciente realiza consultas regulares ao urologista e faz os exames preventivos de rotina.

O grande perigo é que muitos pacientes só procuram ajuda médica quando notam sintomas que indicam algo errado. No caso do câncer em estágio avançado, os sintomas mais comuns incluem:

  • dificuldade para urinar;
  • fluxo urinário fraco;
  • sangue na urina;
  • dor pélvica.

Além disso, quando há presença de metástases para outros órgãos, é comum que o paciente sinta dores ósseas na região das costas, lombar, bacia e joelhos. Os sintomas também podem incluir anemia e fraqueza. Nessa fase, é possível notar a próstata muito dura ao realizar o exame de toque e bastante elevação ao observar o resultado do PSA.

Como tratar o câncer de próstata avançado?

O principal objetivo dos tratamentos para câncer de próstata avançado é manter a doença controlada e melhorar a qualidade de vida do paciente. É preciso ter em mente que as chances de cura nesse estágio são consideradas baixas, mas com o tratamento adequado é possível conviver de maneira saudável com a doença por muito anos.

O tratamento para o câncer de próstata avançado difere daqueles utilizados para combater a doença nos estágios iniciais. Conheça as principais formas de tratar o câncer nesse estágio:

Terapia Hormonal

A terapia hormonal, também conhecida como castração química, é um tratamento que utiliza medicamentos específicos para causar bloqueio na produção de testosterona, o principal agente estimulante para o avanço do câncer de próstata. O objetivo é evitar que esse hormônio se ligue às células tumorais e provoque o avanço contínuo da doença. 

Orquiectomia subcapsular bilateral

É um procedimento cirúrgico que visa bloquear a produção de testosterona através da remoção dos testículos. Como estes são os principais produtores do hormônio, sua retirada provoca uma redução significativa na produção de testosterona, chegando a índices próximos de zero. A cirurgia é considerada de pequeno porte e é realizada por meio de um corte feito no saco escrotal para permitir o acesso aos testículos.

Quimioterapia

A quimioterapia também é uma opção de tratamento para o câncer de próstata avançado, principalmente em casos de metástase, ou seja, quando a doença começa a se espalhar para outros órgãos e, principalmente, para os ossos. O tratamento consiste no uso de drogas que circulam por toda a corrente sanguínea e são capazes de matar células de crescimento rápido, incluindo as cancerosas e não cancerosas.

PSMA-LUTÉCIO-177

Desenvolvida na Alemanha, a PSMA-LUTÉCIO-177 é uma proteína considerada inovadora no tratamento de pacientes com câncer de próstata metastático resistente à castração. O tratamento apresenta boa eficácia terapêutica, sendo capaz de reduzir o volume da doença, provocar queda do PSA em até 60% dos pacientes e reduzir complicações das metástases, reduzindo as dores e melhorando a qualidade de vida.

É importante ressaltar que o câncer de próstata avançado é uma doença de caráter individual, ou seja, cada paciente necessita de tratamento individualizado para obter os melhores resultados e recuperar sua qualidade de vida. Para isso, antes de tomar qualquer decisão, é de extrema importância discutir abertamente com seu urologista sobre as melhores alternativas para seu caso.

Quer acompanhar mais dicas, novidades e conteúdos sobre a saúde urológica do homem? Siga-me no Facebook e Instagram para ficar por dentro das atualizações!

Material escrito por:
Dr. Leonardo Ortigara
CRM 15149 / RQE 7698
X Balneário Camburiú Itajaí