home > Informe-se > Conheça os benefícios da testosterona em gel

Conheça os benefícios da testosterona em gel

Publicado em 31 de março de 2022
Por: Dr. Leonardo Ortigara

Conheça os benefícios da testosterona em gel

Conheça os benefícios da testosterona em gel

A testosterona em gel, também conhecida como androgel, é uma opção para os pacientes que precisam fazer a reposição hormonal, como nos casos de andropausa e outras doenças crônicas.

A partir do seu uso diário, é possível aumentar os níveis desse hormônio no sangue e, assim, combater os sintomas que tendem a trazer grandes desconfortos aos pacientes, como:

  • falta de equilíbrio no humor;
  • incapacidade de ter ou manter uma ereção;
  • perda de força e
  • ganho de gordura.

Vale ressaltar que esse produto nunca deve ser utilizado sem a devida recomendação médica e o acompanhamento do especialista. Inclusive, o excesso de testosterona pode ter sérias consequências para a saúde, como infertilidade, problemas no fígado, maior risco de trombose e parada de produção da testosterona.

Quer saber mais? Então, continue esse artigo e tire todas suas dúvidas sobre a testosterona em gel, sua indicação, sua forma de utilizar e os seus benefícios para a saúde.

O que é a testosterona em gel?

Quando um homem é diagnosticado com baixa testosterona, recomenda-se a reposição hormonal para normalizar o nível desse hormônio no sangue. Isso pode ser feito de diversas formas, dependendo diretamente da quantidade que precisa ser reposta, assim como da preferência do paciente.

Pode-se optar por utilizar medicamentos orais, injeções mensais, adesivos diários, implantes do hormônio ou a testosterona em gel, tema do nosso artigo de hoje.

Essa última opção, assim como o nome já sugere, vem disponível em gel que deve ser espalhado pela pele, de preferência em áreas sem pelo, como no interior do braço e ombros, por exemplo.

Após a aplicação, é importante esperar a absorção do produto para colocar uma peça de roupa ou ter algum contato físico com alguém, uma vez que isso pode reduzir a dose pela fricção direta. 

Esse período de absorção leva entre 5 e 10 minutos, ou seja, não é algo que atrapalha a rotina do paciente.

Quais são os benefícios da testosterona em gel?

A testosterona em gel traz todos os benefícios que a reposição hormonal proporciona para o homem de forma geral, como:

  • aumento da densidade óssea e da massa magra;
  • recuperação da força;
  • restauração da libido;
  • capacidade de ter e manter uma ereção para se relacionar sexualmente e
  • melhora do humor e das funções cognitivas.

Em relação ao uso desse produto ao invés de qualquer outro tipo de aplicação, pode-se citar a rápida ação hormonal, uma vez que a testosterona é absorvida pela pele. Em apenas alguns dias após iniciar a aplicação já é possível sentir os seus efeitos.

E o malefício?

O malefício da testosterona em gel está na redução significativa dos níveis hormonais caso o produto não seja utilizado durante um ou mais dias. Além disso, o paciente deve se atentar para o uso da quantidade indicada pelo médico, cuidando para não passar a mais ou a menos do recomendado.

Dessa maneira, esse método de reposição hormonal é contraindicado para os pacientes que têm dificuldade em aderir ao tratamento e podem esquecer de fazer a aplicação diária. Nesses casos, recomenda-se o uso de implantes ou injeções mensais.

Vale ressaltar novamente que apenas um médico especializado poderá ajudar você na escolha do método ideal para o seu caso. Converse com ele e seja sincero sobre sua rotina e sua experiência com outros tratamentos.

Quando a testosterona em gel é indicada?

A testosterona em gel é indicada para todos os pacientes que precisam realizar a reposição hormonal que não têm:

  • diagnóstico ou suspeita de câncer de próstata ou de mama e
  • hipersensibilidade à testosterona ou outro componente do gel.

Além disso, em hipótese nenhuma, o medicamento deve ser utilizado por mulheres ou por homens que desejam aumentar a sua massa muscular. Como já falado acima, o uso sem recomendação médica pode trazer consequências graves para a saúde.

Normalmente, a testosterona em gel é indicada para o tratamento do hipogonadismo, doença que reduz esse hormônio no sangue, que pode ter diversas causas, entre as principais estão:

  • envelhecimento;
  • estresse;
  • obesidade;
  • tumores na hipófise;
  • efeito de medicamentos e
  • doenças crônicas.

Antes do início do tratamento, o paciente deve realizar exames de sangue para confirmar se realmente há a necessidade da reposição e, caso sim, o médico irá estudar a dosagem para normalizar os níveis hormonais de acordo com o histórico do paciente.

E se a adaptação a testosterona em gel não for boa?

Na hora de escolher qual o método de reposição hormonal é o ideal, é comum ficar com dúvida e se preocupar com a adaptação, principalmente no caso da testosterona em gel.

Sempre falo para os meus pacientes que todo o tratamento conta com um período de ajuste e que é possível alterar o método utilizado caso ele não se adéque a sua rotina. No caso da reposição hormonal, pode-se optar pelas outras formas disponíveis, como os medicamentos, a injeção, o adesivo ou o implante.

Faça o acompanhamento médico regularmente, compartilhe como está o uso da testosterona e, caso você não consiga se adaptar, converse para encontrar outra forma de realizar esse tratamento.

Ainda ficou com alguma dúvida sobre a testosterona em gel? Então entre em contato comigo e vamos conversar mais sobre esse tema.

E se você curtiu o artigo, não deixe de me seguir no Instagram e no Facebook para mais conteúdos sobre saúde masculina e urológica.

Material escrito por:
Dr. Leonardo Ortigara
CRM 15149 / RQE 7698
X Balneário Camburiú Itajaí