home > Informe-se > Impotência sexual > O que é preciso saber antes de colocar a prótese peniana

O que é preciso saber antes de colocar a prótese peniana

Publicado em 8 de maio de 2020
Por: Dr. Leonardo Ortigara

O que é preciso saber antes de colocar a prótese peniana

A prótese peniana ainda é um assunto que gera muitas dúvidas e certo receio no público masculino. Muitas vezes confundida como uma solução para aumentar o pênis, a prótese, na verdade, é um tratamento definitivo para acabar com o problema de ereção e devolver ao homem sua autoestima e confiança para manter relações sexuais.

Ouça este conteúdo:

Também chamada de implante peniano, a prótese é um pequeno dispositivo inserido cirurgicamente no interior dos canais de ereção peniana, com o objetivo de reproduzir a ereção. A utilização da prótese é indicada para pacientes que sofrem com disfunção erétil grave e não responderam de maneira satisfatória aos tratamentos medicamentos ou de drogas injetáveis.

O que é disfunção erétil?

A disfunção erétil é caracterizada pela incapacidade em atingir ou manter a ereção para a prática de relação sexual em, pelo menos, 50% das tentativas. A principal causa desta condição está relacionada ao envelhecimento: quanto maior a faixa etária, maiores serão as chances de o paciente sofrer com disfunção.

No entanto, existem alguns fatores de risco que podem contribuir para que o homem sofra com disfunção erétil precocemente. Dentre os principais, estão:

Tipos de prótese peniana

Basicamente, existem dois tipos de prótese peniana: a maleável e a inflável. A escolha do modelo mais adequado varia de acordo com os desejos do paciente e sempre deve ser discutida com um profissional. Conheça melhor cada tipo: 

Prótese maleável

Também chamada de semirrígida, a prótese maleável consiste em duas hastes metálicas revestidas por uma camada de silicone. Este tipo de prótese deixa o pênis em estado permanente de ereção, mas possui boa maleabilidade e permite acomodar o órgão de maneira confortável e discreta.

Prótese inflável

A prótese inflável consiste em uma espécie de cilindro metálico implantado dentro da bolsa escrotal que armazena soro fisiológico. Ao ser ativado, o líquido percorre os cilindros e os inflam, resultando na ereção. A vantagem deste modelo de prótese é que ele permite que o pênis retorne ao estado de flacidez após a relação sexual.

Quer saber mais sobre a prótese peniana? A seguir, o Dr. Leonardo Ortigara, médico-cirurgião especializado em urologia, esclarece as principais dúvidas sobre o assunto. 

Quando o implante da prótese peniana é indicado? 

Dr. Leonardo: Em alguns casos, quando outras terapias não funcionam, somente a prótese vai solucionar o problema. As causas mais comuns em que somente a prótese funciona é diabetes, traumas, acidentes, cirurgias e tabagismo. 

A satisfação sexual com a prótese é igual?

Dr. Leonardo: Não há muda nesse quesito. Não há diferença entre ter prótese e não ter prótese. 

Qual é a vantagem de fazer a cirurgia com a prótese inflável?

Dr. Leonardo: Além da questão da qualidade sexual, a aparência física da prótese inflável é muito parecida com uma ereção normal. É praticamente impossível conseguir diferenciar a prótese de uma ereção normal. 

O que muda depois do implante?

Dr. Leonardo: O índice de satisfação, de felicidade e de autoestima depois da prótese é muito alta, acima de 80%. O homem começa a se sentir melhor no geral, no relacionamento com amigos, familiares. É possível notar uma melhora em toda a sua vida.

Qual é a importância de considerar os fatores psicológicos no tratamento de disfunção erétil, além da prótese?

Dr. Leonardo: O fator emocional sempre está associado, mas, na maioria desses casos [em que a prótese é necessária], ele não é o fator causador, e sim consequência da disfunção erétil. 

É possível observar que, depois da cirurgia, o ânimo e a qualidade de vida do paciente mudam completamente.

A prótese fica aparecendo?

Dr. Leonardo: Não aparece nada. A cirurgia é feita com uma cicatriz muito pequena e, no caso da inflável, não é possível saber se a pessoa está usando a prótese ou não.

Como escolher o melhor profissional para realizar o implante?

Dr. Leonardo: Há muitos pacientes que vão procurar a prótese em outro país porque acham que não existem profissionais qualificados que façam o procedimento no Brasil. Mas a técnica cirúrgica aqui, hoje, é igual às cirurgias feitas lá fora. Todas as cirurgias modernas têm processos padronizados em todo o mundo: é o mesmo tipo de antibiótico, de anestesia e o mesmo tempo de internação.

Planos de saúde cobrem a prótese peniana?

Essa é uma dúvida bastante comum para quem deseja realizar a cirurgia. Atualmente, todos os planos de saúde são obrigados a cobrir a implantação de prótese semirrígida, o modelo que faz com que pênis fique em estado permanente de ereção, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A cirurgia de prótese inflável é custeada por planos de saúde específicos. Portanto, caso o paciente opte por este tipo de prótese, é necessário verificar com seu plano se há possibilidade de cobrir a cirurgia. Existem, ainda, casos judicializados em que os pacientes conseguiram ter o valor da prótese custeado pelo plano de saúde. 

Para facilitar o acesso ao procedimento, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) tem tentado, junto aos órgãos de justiça, a inclusão da cirurgia de prótese inflável na lista de procedimentos cobertos por todos os planos de saúde. Contudo, ainda não há nada concreto.

Confira o vídeo que o Dr. Leonardo gravou para mostrar como é a prótese antes do implante no paciente e como funciona seu mecanismo de ativação:


Restou alguma dúvida? Envie suas perguntas através da página de contato. Será um prazer esclarecer seus questionamentos!

Material escrito por:
Dr. Leonardo Ortigara
CRM 15149 / RQE 7698
X Balneário Camburiú Itajaí